Justiça determina que Banrisul devolva os valores descontados do 13 salário antecipado aos Oficiais da ASOFBM

A Justiça determinou, nesta quarta-feira (25) que o Banrisul devolva, em um prazo de  cinco dias, sob pena de multa, os valores descontados em razão da antecipação do 13º salário dos oficiais militares da Associação dos Oficiais da Brigada Militar. A decisão  tomada pelo Juiz da 10 Vara Cível do Foro Central, Alexandre Schwartz Manika, também proibe que o Banco efetue novos descontos sobre a remuneração dos respectivos servidores. A solicitação foi feita pela a ASOFBM, que conta com 1.340 associados da Carreira de Nível Superior da BM - Capitão, Major, Tenente coronel e Coronel.

O  Juiz entendeu que, devido ao parcelamento de salários, os oficiais buscaram junto ao Banco
a antecipação da gratificação como auxílio para aliviar suas contas e acabaram sendo surpreendido  com o desconto dos valores e, ainda, o não depósito pelo Estado do 13º salário na integralidade e na data prevista.

Os oficiais da BM, associados na ASOFBM, que tiveram o desconto do 13 salario pelo Banco, deverão informar a indentidade funcional, RG, CPF e dados bancários atualizados para o  email  liminarbanrisul@gmail.com.

 

 




Vídeos

Projeto Eleições 2018 - Confira as propostas do pré-candidato, Miguel Rossetto (PT) para o Rio Grande do Sul. Assista ao debate com os representantes de classe da segurança pública e dos servidores estaduais


Veja mais notícias [+]