ASOFBM recebe representantes do Banrisul para buscar alternativas ao parcelamento de salários

Dois representantes do Banrisul estiveram reunidos com o presidente da Associação dos Oficiais da Brigada Militar – ASOFBM nesta semana com o objetivo de apresentar uma alternativa oferecida pelo banco estadual ao parcelamento de salários efetuado nos últimos meses pelo governo do Estado.

O superintendente regional da instituição, Ivanor Antonio Duranti, e o seu diretor de crédito, Oberdan Celestino de Almeida, explicaram ao presidente da ASOFBM, Coronel Marcelo Gomes Frota, que o produto, chamado Banrisalário, oferece crédito com juros de 1,2% ao mês proporcional ao tempo de duração, o que significa que, considerando o caso de uma antecipação de recursos com quitação dentro do mesmo mês (quando da integralização do salário por parte do governo), o valor a ser acrescido não representará 1% do total.

Durante o encontro os executivos do Banrisul também foram questionados a respeito da possibilidade de outras formas de o banco auxiliar o seu cliente, no caso, o associado da ASOFBM. Uma das questões foi relativa à cobrança do crédito consignado dos correntistas mesmo antes de creditado o pagamento.

Sobre esta questão, o diretor de crédito esclareceu que, mesmo sendo uma estatal do Rio Grande do Sul, o Banrisul é uma entidade financeira com CNPJ próprio, o que o submete a fiscalizações e regramentos do Banco Central e demais órgãos de controle como qualquer outra instituição semelhante. A própria compra da folha do Estado, recentemente anunciada, passou por severa fiscalização federal pois não é permitido que um banco estadual financie o seu ente federativo, além de não ser possível pois o tamanho do Estado supera, e muito, a capacidade do banco.

O vice-presidente da ASOFBM, Cel RR Marcos Paulo Beck, questionou os representantes do Banrisul sobre outras linhas de operação com condições mais favoráveis aos servidores, incluindo acesso, por exemplo, a consórcios automotivos ou de imóveis sem o pagamento de algumas taxas. A proposta ficou de ser estudada, e ficou marcado um retorno dos executivos à ASOFBM na próxima semana.




Vídeos

Projeto Eleições 2018 - Confira as propostas do pré-candidato, Miguel Rossetto (PT) para o Rio Grande do Sul. Assista ao debate com os representantes de classe da segurança pública e dos servidores estaduais


Veja mais notícias [+]