Em Sessão Solene imortais tomam posse na Academia Brigadiana de Letras

Com obras de arte, ornamentos cobrindo todas as paredes, entre a galeria de fotos dos Ex-Comandantes da Brigada Militar e  esculturas de grandes nomes da história do País, o salão Nobre do Quartel General da Brigada Militar foi  palco, no último dia 8 de Agosto,  da solenidade de posse dos novos acadêmicos da Academia Brigadiana de Letras (ABRIL). A cerimônia  coordenada pelo diretor de cultura da Associação dos Oficiais da Brigada Militar,  Cel Ubirajara Anchieta Rodrigues, que ocupa a Cadeira número 11, cujo Patrono é José Luiz da Silveira, iniciou após a entrada e a  apresentação da bandeira da ABRIL e a entoação do Hino Nacional.

Na sessão solene, todos os 18 membros vestem o fardão de cor escura, com bordados que representam os louros. É o momento em que convidados especiais, autoridades civis e militares  têm a oportunidade de conhecer os indicados por um imortal da ABRIL.Os Acadêmicos são escolhidos pela trajetória de destaque em sua área. Cada confrade (padrinho) refere o mérito do novo membro. E cada um, antes da posse, de receber o diploma,  em seu discurso,  faz uma breve apresentação do Patrono da Cadeira. E por ser grandes nomes que honraram a farda da Brigada Militar que prestaram relevantes serviços à sociedade gaúcha, a solenidade emociona pelo o resgate histórico através da literatura.

Um dos Acadêmicos empossados foi o Vice - presidente da ASOFBM, Cel Marcos Paulo Beck, que passou a ocupar a cadeira numero 35, cujo Patrono é Walter Peracchi de Barcellos. Foi consagrado, também, o título de imortal da Abril, o Cel Monoelito Carlos Savariz, que ocupa a cadeira número 8, cujo patrono é Vasco Melo Leiria. A cadeira número 4 foi assumida pelo Capitão da Reserva, Valnei Tavares da Silva, sendo o patrono Fabricio Batista de Oliveira Pilar. E o Cel Carlos Roberto Felin, assumiu a cadeira 32, sendo o  patrono Armando Pereira Mendonça. O presidente da ASOFBM, Cel Marcelo Gomes Frota, foi empossado como Acadêmico Benemérito e condecorado  pelos relevantes serviços prestados a ABRIL pelo incentivo e empenho aos valores culturais brigadianos, das letras, da história e das artes.

A Academia Brigadiana de Letras completou 12 anos e é presidida pelo Cel Alberto Afonso Landa Camargo.

 




Vídeos

Confira a atuação dos Oficiais da ASOFBM na esfera política Nacional em defesa das prerrogativas dos Oficiais Militares e da sociedade gaúcha


Veja mais notícias [+]