Page 6 - Fevereiro / Março 2019
P. 6

06  VIV AV O Z • númer o 32
           F ever eir o/Mar ç o de 2019
              GOVERNO DO RS


                   ASOFBM ENTREGA PROPOSTAS


             DOS OFICIAIS MILITARES ESTADUAIS

              AO GOVERNADOR EDUARDO LEITE


            E À ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO RS



                            “Diálogo” essa foi a palavra mais falaDa pelo governaDor
                         Durante a reunião na associação, Depois De apresentar o Desafio
                             Das contas Do estaDo De r$ 22,1 bilhões somente em 2019.

































                                                                                 Diretoria da ASOFBM recebe Governador
            O Governador Eduardo Leite      de R$ 43 bilhões ao longo dos quatro anos   Eduardo Leite, Vice-Governador e
                                                                                       Secretário da Segurança Pública,
       (PSDB) apresentou, em Janeiro, as priori-  de mandato. A previsão da Secretaria da   delegado Ranolfo Junior e Chefe da Casa
                                                                                                 Civil, Otomar Vivian.
       dades para o primeiro ano da sua gestão   Fazenda considerou o cenário atual para
       que seriam as privatizações e a revisão   2019 (restos a pagar, dívida e insuficiência   nem alterações na Previdência
       sobre as carreiras do funcionalismo. Iniciou   de caixa) e também os riscos fiscais aos      Depois dos parlamentares, Eduar-
       o mandato apresentando as propostas   quais o RS está exposto no período de qua-  do Leite buscou as Entidades de Classe.
       aos deputados estaduais revelando que   tro anos com a queda da liminar da dívida   A reunião na Associação dos Oficiais,
       pretendia eliminar a exigência de plebiscito   no STF, que poderia ter efeitos retroativos   aconteceu no mesmo dia em que o Governo
       para vender estatais e realizar mudanças   a 2017, a ampliação do pagamento do saldo   enviou a proposta de emenda constitucio-
       profundas envolvendo o funcionalismo e   de precatórios de cerca de R$ 50 milhões ao   nal (PEC) que retiraria a necessidade de se
       até mesmo novas alterações na Previdência   mês para R$ 210 milhões, além dos efeitos   realizar plebiscito para a privatização das
       dos servidores. Isso porque, de acordo com   do não cumprimento do teto de gastos.Nos   empresas estatais CEEE – Companhia Es-
       a equipe econômica do governo, o desafio   primeiros três meses de 2019, não foram   tadual de Energia Elétrica, CRM – Compa-
       das contas do Estado é de R$ 22,1 bilhões   divulgadas informações sobre às mudanças   nhia Riograndense de Mineração e Sulgás
       somente em 2019, projetando um total   envolvendo as carreiras do funcionalismo,   – Companhia de Gás do RS.
   1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   11